Eleições

Honduras: TSE aceita rever resultado eleitoral a pedido de Zelaya

No sábado, o TSE deu por concluída a apuração e declarou formalmente o ganhador do governista Partido Nacional (PN), com 36,80% dos votos, contra os 28,79% da candidata do Livre

Da AFP
Da AFP
Publicado em 02/12/2013 às 23:20
Leitura:

O Tribunal Supremo Eleitoral (TSE) aceitou nesta segunda-feira (2) rever as atas da eleição presidencial de Honduras de 24 de novembro, a pedido da candidata Xiomara Castro, mulher do ex-presidente deposto Manuel Zelaya, que denuncia "fraude" a favor do candidato da situação, Juan Orlando Hernández.

"Buscamos o mecanismo, vamos fazer de maneira pública para que não reste qualquer dúvida", disse o presidente do TSE, David Matamoros, a Xiomara e a Zelaya, coordenador do Partido Liberdade e Refundação (Livre, esquerda), na sede do organismo.

Zelaya e sua mulher, candidata do Livre, apresentaram a Matamoros um documento, no qual pedem que pelo menos 200 técnicos do Partido Livre acompanhem a recontagem das 16.135 atas originais de encerramento da votação.

No sábado, o TSE deu por concluída a apuração e declarou formalmente o ganhador do governista Partido Nacional (PN), com 36,80% dos votos, contra os 28,79% da candidata do Livre.

Se a revisão das atas confirmar o resultado já anunciado, Matamoros pediu que a oposição aceite "publicamente" a derrota. Já Castro disse esperar que "se Xiomara ganhar, o TSE também reconheça".

"Claro que sim, porque acredito que é importante para a tranquilidade do país", rebateu o presidente do TSE.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias