ásia

Feng shui prevê que o Ano do Cavalo será tumultuado

Depois da serpente em 2013, o ano de 2014 na Ásia se encontrará sob o signo do cavalo

Da AFP
Da AFP
Publicado em 29/01/2014 às 18:38
Leitura:

Os mestres de feng shui de Hong Kong preveem conflitos, catástrofes naturais, uma crise na Ásia e novos problemas para o cantor Justin Bieber no Ano do Cavalo, que, segundo eles, será muito agitado.

Depois da serpente em 2013, o ano de 2014 na Ásia se encontrará sob o signo do cavalo. Os mestres advertiram que a aliança do cavalo e de um material muito combustível fará com que este ano lunar, que começa no dia 31 de janeiro, seja particularmente volátil.

A arte do feng shui - que significa vento e água - tem uma grande influência em vários países da Ásia, onde os habitantes seguem seus princípios para decorar e organizar os móveis em suas casas ou seus escritórios e tomar decisões, esperando aproveitar ao máximo seu bem-estar, sua sorte e sua fortuna.

"Este ano é o do cavalo de madeira, e a madeira é muito combustível. Irão ocorrer muitos escândalos, conflitos, explosões e disputas violentas", declarou à AFP Alion Yeo, um dos mestres de feng shui mais conhecidos de Hong Kong.

A previsão do futuro na Ásia se baseia em crenças milenares. Os acontecimentos são ditados pelos cinco elementos que constituem o universo: o metal, a madeira, a água, o fogo e a terra.

O calendário lunar se desenvolve em um ciclo de 12 anos e atribui a cada um deles um animal, com o cavalo na sétima posição.

Os conflitos poderão se limitar a ser diplomáticos, mas podem levar a verdadeiras guerras, sobretudo durante o primeiro, o quarto e o sétimo mês lunar (fevereiro, maio e agosto), advertiu Alion Yeo.

Conflitos armados e catástrofes naturais

De acordo com Alion Yeo, o local mais provável para que ocorra um conflito armado na Ásia é nas ilhas Diaoyu (como são chamadas pela China). Estas ilhas, chamadas de Senkaku pelos japoneses, são controladas por Tóquio, embora sejam reivindicadas por Pequim, o que alimenta a tensão entre as duas potências asiáticas há 18 meses.

O ano anterior do cavalo de madeira (1954) foi marcado por testes nucleares americanos e soviéticos, assim como pela batalha de Dien Bien Phu, que para a França significou a perda da Indochina.

Em relação à economia, Estados Unidos e Europa terão uma recuperação visível, mas a Ásia pode vivenciar dificuldades, de acordo como Chow Hon-ming, outro mestre de feng shui. "As economias ocidentais registrarão progressos visíveis, mas as economias orientais enfrentarão dificuldades, ou retrocederão", advertiu.

O caráter "combustível" do ano aparecerá principalmente nas catástrofes naturais. O astrólogo Cheng Chi-hang previu "um risco maior de erupções vulcânicas e tremores de terra, já que o elemento terra estará irritado pela abundância do fogo".

Os mestres de feng shui leem as revistas sobre as personalidades do mundo da música e do cinema? Segundo Alion Yeo, o jovem cantor canadense Justin Bieber pode enfrentar correntes negativas. "Em alguns momentos não poderá se controlar", previu Yeo.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias