internet

Governador argentino demite metade de seu pessoal pelo YouTube

Apesar de as redes sociais serem usadas com frequência pelas autoridades para anunciar suas decisões, esta é a primeira vez que o YouTube presta este tipo de serviço

Da AFP
Da AFP
Publicado em 29/01/2014 às 17:58
Leitura:

O governador da província argentina de Río Negro (sul), Alberto Weretilneck, anunciou pelo YouTube a demissão de 170 de seus 340 funcionários como parte das medidas de austeridade.

Apesar de as redes sociais serem usadas com frequência pelas autoridades para anunciar suas decisões, esta é a primeira vez que o YouTube presta este tipo de serviço.

Weretilneck também notificou uma redução de 15% nos salários dos funcionários que continuarem em seus postos. "Devemos ser os primeiros a dar mostras de austeridade e redução de gastos", afirmou o governador.

Río Negro é um distrito com 700 mil habitantes, situado em plena Patagônia argentina, com uma rica produção agrícola que o levou a ser um dos maiores exportadores de frutas da região, e um desenvolvido turismo, a exemplo da procurada Bariloche.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias