crise

Negociações sírias são retomadas em Genebra

As negociações que têm como objetivo encerrar conflito, que já dura quase três anos, começaram na sexta-feira em Genebra

Da AE
Da AE
Publicado em 29/01/2014 às 9:27
Leitura:

Negociadores que representam o governo e a oposição sírios retomaram as negociações sobre o futuro do país nesta quarta-feira, um dia depois de interromperem as discussões sobre a decisão dos Estados Unidos de retomar a ajuda não letal à oposição, 

Delegados do governo e da oposição reuniram-se nesta quarta-feira com o mediador da ONU e da Liga Árabe, Lakhdar Brahimi, mas as chances de um avanço antes do final da conferência de paz, na sexta-feira, parecem praticamente nulas, na medida em que os dois lados responsabilizam um ao outro pelo impasse. 

Um acordo para permitir o envio de ajuda humanitária à cidade sitiada de Homs continua parado, pois a delegação síria exige garantias de que a ajuda norte-americana não vá para "grupos terroristas e armados" da cidade, que fica na região central do país. 

As negociações que têm como objetivo encerrar conflito, que já dura quase três anos, começaram na sexta-feira em Genebra. Brahimi declarou que os dois lados estão dispostos a manter as conversações apesar da falta de progresso.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias