Reunião

ONU pede a Cuba que ratifique pactos internacionais de direitos humanos

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas pediu que Havana ratifique os pactos internacionais nessa matéria

Da ABr
Da ABr
Publicado em 29/01/2014 às 12:40
Leitura:

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, disse nesta quarta-feira (29) que conversou com o governo cubano sobre a questão dos direitos humanos e pediu que Havana ratifique os pactos internacionais nessa matéria.

"Pedi que ratifiquem os pactos internacionais de Direitos Civis e Políticos, e de Direitos Econômicos, Sociais e Culturais", disse Ki-moon, em coletiva de imprensa ao final do primeiro dia da 2ª Cúpula da Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac).

Ban Ki-moon reuniu-se na segunda-feira (27) com o presidente cubano, Raul Castro, e ontem (28) visitou Fidel Castro. O secretário-geral das Nações Unidas disse estar "profundamente impressionado" com a espiritualidade e a força física do ex-presidente cubano.

Ele destacou que estava "profundamente agradecido pela sua liderança [de Fidel Castro]" e informou que combinaram de manter contato para abordarem assuntos importantes. No encontro, os dois líderes conversaram durante quase uma hora sobre vários temas internacionais, desde o conflito na Síria até a crise na África. "Falamos de como a ONU deve caminhar para impulsionar os objetivos do Desenvolvimento do Milênio, o desenvolvimento sustentável e as mudanças climáticas", disse o secretário-geral.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias