rastros

Britânicos encontram pegadas mais antigas fora do continente africano

Essas pegadas de adultos e crianças foram encontradas à beira-mar em Happisburgh, no lodo de um antigo estuário

Da AFP
Da AFP
Publicado em 07/02/2014 às 19:54
Leitura:

Pegadas deixadas por humanos há 800.000 anos foram encontradas na Inglaterra, nos rastros mais antigos de passos humanos já descobertos fora do continente africano, anunciou nesta sexta-feira (7) uma equipe de pesquisadores.

Essas pegadas de adultos e crianças foram encontradas à beira-mar em Happisburgh, no lodo de um antigo estuário.

Atualmente existem apenas dois locais onde foram encontradas pegadas mais antigas, e ambos estão na África: em Laetoli, Tanzânia, onde foram encontrados rastros de 3,5 milhões de anos, e em Koobi Fora, Quênia (1,5 milhão de anos).

"É uma descoberta excepcionalmente rara", destacou Nick Ashton do British Museum, que realizou as buscas em cooperação com o Museu de História Nacional e a Universidade Queen Mary de Londres.

A mesma equipe já havia encontrado pedras talhadas e fósseis de mamutes neste local, há vários anos. Os pesquisadores descobriram pegadas durante a maré baixa e se apressaram em fotografá-las, antes que o mar as apagasse.

Depois reconstituíram as imagens em 3D e conseguiram identificar que eram de adultos, além de algumas menores, que provavelmente pertenciam a crianças. "É claramente uma célula familiar, em vez de um grupo de caçadores", declarou Ashton, que considera que esses ancestrais mediam entre 90 cm e mais de 1,70 metro. No entanto, não se sabe a identidade exata dos humanos que deixaram essas pegadas.

Eles podem estar relacionados a um povo de um período semelhante encontrado em Atapuerca, na Espanha, relacionado à espécie Homo antecessor, ou o "homem pioneiro", disse Chris Stringer, do Museu de História Natural. "Essas pessoas tinham uma altura parecida com a nossa e eram totalmente bípedes," disse.

O Homo antecessor, aparentemente extinto na Europa há 600.000 anos, talvez tenha sido substituído pela espécie Homo heidelbergensis, seguida pelos Neanderthais, de cerca de 400.000 anos atrás, e pelos humanos modernos, que povoaram a Terra há por volta de 40.000 anos.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias