BUSCA

Avião desaparecido: Malásia pede aos EUA tecnologia de vigilância submarina

Porta-voz americano não especificou quais equipamentos o Pentágono poderia fornecer à Malásia

Da AFP
Da AFP
Publicado em 21/03/2014 às 21:11
Leitura:

A Malásia pediu aos Estados Unidos nesta sexta-feira (21) que forneça a tecnologia de vigilância submarina para ajudar na busca do Boeing desaparecido há mais de duas semanas, informou o Pentágono.

Em uma conversa por telefone com o chefe do Pentágono, Chuck Hagel, o ministro malaio dos Transportes, Hishammuddin Hussein, "pediu que os Estados Unidos considerem fornecer alguns equipamentos de vigilância submarina", disse o porta-voz do Pentágono John Kirby.

Hagel garantiu a Hussein que "avaliará a disponibilidade e a utilidade da tecnologia militar submarina para essa tarefa", acrescentou Kirby, em um comunicado.

O porta-voz não especificou quais equipamentos o Pentágono poderia fornecer à Malásia, mas os Estados Unidos fizeram grandes investimentos em tecnologia robótica destinada à vigilância de submarinos e torpedos inimigos.

A Marinha americana colaborou na busca do voo 370 da Malaysia Airlines, que desapareceu com 239 passageiros a bordo em 8 de março.

Nesta sexta-feira, os trabalhos de busca continuaram sem sucesso em uma faixa do sul do Oceano Índico, aumentando a tensão entre os familiares dos passageiros desaparecidos.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias