INTERVENÇÃO

Parte barco com armas químicas sírias para serem destruídas

A segunda embarcação, o dinamarquês Ark Futura, chegou carregando as últimas armas químicas declaradas pelo governo sírio e que ainda não havia sido entregues.

Da AFP
Da AFP
Publicado em 08/06/2014 às 14:31
Leitura:

Um dos barcos carregados de armas químicas procedentes da Síria partiu neste domingo(8) em direção à Finlândia e aos Estados Unidos, onde deverão ser destruídas - anunciou o organismo encarregado de controlar o processo.

"O barco norueguês Taiko, que participa da operação marítima internacional para evacuar armas químicas da Síria, zarpou hoje rumo à Finlândia e os Estados Unidos para que sejam destruídas", informou a Organização para a Proibição de Armas Químicas (OPAQ), em comunicado.

A segunda embarcação, o dinamarquês Ark Futura, chegou carregando as últimas armas químicas declaradas pelo governo sírio e que ainda não havia sido entregues.

"Estamos preocupados com os últimos lotes de armas químicas no território sírio, estamos pedindo às autoridades que completem o envio o quanto antes", declarou o diretor-executivo da OPAQ, Ahmet Uzumcu, citado no comunicado.

Cerca de 7,2% do arsenal de armas químicas ainda está na Síria, segundo afirmou na última quinta-feira(5) a coordenadora do programa de desarmamento sírio na ONU, Sigrid Kaag, numa coletiva de imprensa na sede das Nações Unidas em Nova York.

Os produtos tóxicos não podem ser evacuados por razões de segurança, segundo governo sírio.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias