Emprego

Dez mil se oferecem para testar balas de paintball

Por um salário anual de 40 mil libras, os funcionários receberão disparos para testar, entre outras coisas, a segurança do produto

Da AFP
Da AFP
Publicado em 03/01/2015 às 8:11
Foto: Reprodução/Internet
Por um salário anual de 40 mil libras, os funcionários receberão disparos para testar, entre outras coisas, a segurança do produto - FOTO: Foto: Reprodução/Internet
Leitura:

Ao menos dez mil pessoas, em todo o mundo, responderam a um anúncio de emprego de uma empresa  britânica que testará balas de paintball em alvos humanos, informou nesta sexta-feira a UKPaintball.

A empresa, que tem mais de 60 áreas para a prática de paintball na Grã-Bretanha, ficou surpresa com a enorme resposta à oferta de emprego, respondida não apenas por cidadãos britânicos, mas também por americanos, canadenses e indianos, entre outros.

Por um salário anual de 40 mil libras (cerca de 50 mil euros), os funcionários receberão disparos de balas de paintball para testar, entre outras coisas, a segurança do produto.

"Esta incrível resposta era a última coisa que esperávamos quando publicamos o anúncio", disse o proprietário do UKPaintball, Justin Toohig. "Jamais imaginamos que tanta gente no Reino Unido e em outros países estivessem dispostas a receber um tiro para ganhar a vida".

Os candidatos informaram em seus currículos as mais variadas qualidades para exercer o cargo, desde o excesso de gordura no corpo - para amortecer os tiros - à experiência com armas no campo de batalha real. "Vai ser difícil o trabalho de eliminar milhares de candidatos e selecionar apenas um para o cargo", concluiu Toohig.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias