Petróleo

Shell paga US$ 83 mi por vazamento no delta do Níger

A empresa admitiu que o vazamento foi superior a 4.144 barris

AFP
AFP
Publicado em 06/01/2015 às 22:23
SAUL LOEB / AFP
A empresa admitiu que o vazamento foi superior a 4.144 barris - FOTO: SAUL LOEB / AFP
Leitura:

A Shell pagará uma indenização de 83,5 milhões de dólares pelo vazamento de petróleo ocorrido em 2008 no delta do rio Níger, no sul da Nigéria, anunciou nesta quarta-feira o grupo anglo-holandês.


O acordo acaba com três anos de disputa judicial em Londres entre a Shell e a comunidade Bodo, que viu o vazamento arruinar sua pesca e sua agricultura, além de provocar problemas de saúde.

"Aceitamos a responsabilidade por este vazamento profundamente lamentável", disse Mutiu Sunmonu, diretor-executivo da filial nigeriana da Shell.

"Sempre quisemos compensar justamente a comunidade e estamos satisfeitos por ter alcançado este acordo" por 55 milhões de libras (83,5 milhões de dólares).

A comunidade Bodo é integrada por cerca de 31 mil pessoas, divididas em 35 povoados costeiros.

A Shell justificou inicialmente o vazamento por uma sabotagem aos oleodutos e minimizou o volume de petróleo derramado, para finalmente admitir que foi superior aos 4.144 barris.

Pelo acordo, cada integrante da comunidade Bodo receberá cerca de 2.200 libras (o equivalente a 33 salários mínimos na Nigéria). O restante do dinheiro será aplicado em prol do conjunto da  comunidade.  

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias