Governo

Senado confirma Ashton Carter como novo secretário da Defesa

Carter trabalhou como vice-secretário no Departamento de Defesa entre 2011 e 2013

AFP
AFP
Publicado em 12/02/2015 às 20:00
Foto: ALEX WONG / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / AFP
Carter trabalhou como vice-secretário no Departamento de Defesa entre 2011 e 2013 - FOTO: Foto: ALEX WONG / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / AFP
Leitura:

O Senado dos Estados Unidos aprovou nesta quinta-feira a confirmação, por esmagadora maioria, de Ashton Carter como novo secretário de Defesa, cargo no qual supervisionará, entre outras coisas, a guerra contra o grupo Estado Islâmico (EI) durante a parte final do mandato de Barack Obama.

A aprovação senatorial desta nomeação foi confirmada por 93 votos a 5. A lei americana exige um voto positivo do Senado aos membros do gabinete presidencial para confirmar suas funções.

Ashton Carter, de 60 anos, foi designado no dia 5 de dezembro pelo presidente americano para substituir o criticado Chuck Hagel.

Hagel enfrentou os problemas do final da guerra do Afeganistão e o lançamento de uma nova etapa bélica contra os jihadistas do Estado Islâmico, que agora está se intensificando.

O novo secretário é conhecido e apreciado no Congresso, tanto pelos democratas quanto pelos republicanos, e os senadores não levaram muito tempo para aprovar sua designação à frente do Pentágono.

O senador republicano John McCain, crítico da política externa do governo Obama, elogiou Carter como "um dos profissionais da Defesa americana com maior experiência".

Carter trabalhou como vice-secretário no Departamento de Defesa entre 2011 e 2013.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias