Neve

EUA têm 1.500 voos cancelados e se preparam para novos recordes de frio

A tempestade e um acúmulo de neve de até 30 centímetros atingirão o leste e chegarão a Washington na noite de segunda-feira

Da AFP
Da AFP
Publicado em 16/02/2015 às 18:39
Foto: AFP
A tempestade e um acúmulo de neve de até 30 centímetros atingirão o leste e chegarão a Washington na noite de segunda-feira - FOTO: Foto: AFP
Leitura:

Mil e quinhentos voos foram cancelados nesta segunda-feira nos Estados Unidos, onde nos próximos dias se esperam temperaturas abaixo de zero e fortes nevascas, alertou o serviço meteorológico nacional.

Um frio "incomum" afetará o leste do país e 50 milhões de pessoas com temperaturas inferiores ao padrão nacional, indicou em um boletim o National Weather Service, que prevê "recordes de frio".

O site especializado FlightAware reportou o cancelamento de 1.500 voos, sem reportar as causas. Muitos deles, no entanto, estão nas regiões mais afetadas pela neve.

Nesta segunda-feira começaram a ser registradas temperaturas recorde de -28°C em Erie, Pensilvânia, e -22°C em Cleveland, Ohio, ambos no nordeste do país, noticiou o jornal USA Today.

A tempestade de neve Octavia já tinha castigado o centro-sul do país, do Missouri ao Kentucky, onde caíram 15 cm de neve, informou a emissora Weather Channel.

A tempestade e um acúmulo de neve de até 30 centímetros atingirão o leste e chegarão a Washington na noite de segunda-feira. Está previsto que a frente fria chegue até a Nova Inglaterra no nordeste, onde ficam Nova Iorque e Boston, já afetados por várias tempestades neste inverno.

Boston, coberta com 40 cm de neve este fim de semana, acumulou cerca de 1,50 m de neve em fevereiro, ou seja, dez vezes mais que em um fevereiro comum, segundo o USA Today.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias