Política

Novo ato de imolação na região do Tibete

Mulher colocou fogo no próprio corpo perto de Trotsuk, cidade do distrito de Aba

Da AFP
Da AFP
Publicado em 09/03/2015 às 7:21
Leitura:

Uma tibetana de 40 anos colocou fogo no corpo na véspera do aniversário da tentativa de levante tibetano de 1959 contra a China, informaram a imprensa e uma ONG com sede no exterior.

A mulher, identificada como Norchuk, realizou o gesto na sexta-feira perto de Trotsuk, cidade do distrito de Aba (Ngaba em tibetano), em uma região da província de Sichuan (sudoeste) com população majoritariamente tibetana, informaram a ONG Free Tibet, com sede na Grã-Bretanha, e Radio Free Asia (RFA), emissora financiada em parte pelos Estados Unidos.

Mãe de família, Norchuk tinha vínculos com um mosteiro local, segundo a RFA. Este foi o primeiro ato de imolação em áreas tibetanas registrado em 2015.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias