IRÃ

Moderados do Irã perdem disputa pela maioria em eleições parlamentares

A nova composição do Parlamento, que se reunirá no próximo mês, será muito mais amigável a Rouhani

Lucas Moraes
Lucas Moraes
Publicado em 30/04/2016 às 14:30
Foto: ATTA KENARE / AFP
A nova composição do Parlamento, que se reunirá no próximo mês, será muito mais amigável a Rouhani - Foto: ATTA KENARE / AFP
Leitura:

Os moderados iranianos e reformistas que apoiam o presidente Hassan Rohani e o acordo nuclear fechado entre o país e potências mundiais não conseguiram garantir a maioria, nas eleições parlamentares do segundo turno. Mas o bloco ainda vai manter o maior número de assentos, seguido pelos linhas-duras e pelos independentes.

A nova composição do Parlamento, que se reunirá no próximo mês, será muito mais amigável a Rouhani, porém os seus defensores terão de se aliar aos independentes, cujas opiniões variam a depender do assunto. Vale ressaltar ainda que o líder supremo do Irã, aiatolá Ali Khamenei, continuará a ser o principal tomador de decisões no país. 

Os moderados ou reformistas conquistaram 37 assentos. O bloco precisava de 40 para que tivesse uma maioria absoluta no Parlamento de 290 lugares.

 

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias