INSEGURANÇA VIRTUAL

Homem é preso após fotos da irmã da princesa Kate Middleton serem hackeadas

O suspeito foi detido na tarde deste sábado (24) no condado de Northamptonshire

JC Online
JC Online
Publicado em 25/09/2016 às 9:40
Foto: Reprodução/Twitter
O suspeito foi detido na tarde deste sábado (24) no condado de Northamptonshire - FOTO: Foto: Reprodução/Twitter
Leitura:

Um homem de 35 anos foi preso pela polícia do Reino Unido por ser o principal suspeito de ter hackeado e oferecido a revistas britânicas e norte-americanas fotos particulares de Pippa Middleton, irmã da duquesa de Cambridge, Kate Middleton.

O suspeito foi detido na tarde deste sábado (24) no condado de Northamptonshire, mas a informação da prisão só foi confirmada neste domingo (25). A conta do iCloud, serviço de nuvem da Apple, de Pippa teria sido hackeada. Lá estão fotos pessoais de Pippa com Kate, com o príncipe William e seus filhos, George e Charlotte.

Segundo tablóides, um vendedor anônimo ofereceu as imagens a alguns veículos de imprensa do país.

Os hackers teriam roubado cerca de 3 mil fotos do álbum pessoal de Pippa e pretendiam vendê-las por 50 mil libras (cerca de R$ 210 mil)

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias