ASTRONOMIA

Primeiro eclipse lunar de 2017 será nesta sexta-feira

O Brasil será um dos melhores Países para a visualização do fenômeno, segundo a Nasa

JC Online
JC Online
Publicado em 06/02/2017 às 18:45
Foto: Acervo JC Imagem
O Brasil será um dos melhores Países para a visualização do fenômeno, segundo a Nasa - FOTO: Foto: Acervo JC Imagem
Leitura:

Os amantes da astronomia poderão assistir dois espetáculos importantes no céu durante o mês de fevereiro. Na próxima sexta-feira (10), ocorre um eclipse lunar penumbral, o primeiro de 2017. O fenômeno será visível nas Américas, Europa, África e em grande parte da Ásia. Durante o eclipse lunar, a Lua sai da umbra escura da Terra e passa apenas pela penumbra, a sombra mais escura do nosso planeta.

Apesar de não ser tão visível quanto um eclipse total, o fenômeno do dia 10 de fevereiro será o melhor possível em termos de observação, de acordo com os cientistas. A melhor visualização do eclipse será nos países da América do Sul, especialmente no Brasil, Américas Central e do Norte. Na África, Ásia Ocidental e Europa, no sábado, 11 de fevereiro.

Horário


Os horários do começo, fim e pico do eclipse variam conforme o local. Você pode consultar o melhor momento
para a visualização nesse site, a partir do nome da cidade.

Cometa

Junto com o eclipse, ocorre também outro fenômeno, protagonizado pelo cometa 45P, que fará sua maior aproximação à Terra neste fim de semana, após ter um aumento considerável e repentino de brilho.

Em uma postagem no site oficial, a Nasa divulgou que o cometa fará sua maior aproximação da terra no dia 11, quando ficará a 0,08 unidades astronômicas, equivalente a 7,4 milhões de milhas da terra.

"Será visível no céu da manhã na constelação de Hércules. Ele tem um tom verde-azulado brilhante e se move muito rápido, a cerca de 9 graus por dia". O 45P só retornará em 2022 e talvez seja difícil visualizá-lo a olho nu, segundo a Nasa, que aconselha o uso de binóculos para visualizar o fenômeno.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias