Aliança do Atlântico Norte

Trump se reunirá com líderes da Otan em maio

Trump havia realizado diversas críticas à Otan durante sua campanha nas eleições para a Casa Branca

AFP
AFP
Publicado em 06/02/2017 às 10:44
SAUL LOEB/AFP
Trump havia realizado diversas críticas à Otan durante sua campanha nas eleições para a Casa Branca - FOTO: SAUL LOEB/AFP
Leitura:

Donald Trump se reunirá com líderes da Otan em maio, informou a Casa Branca no domingo, após uma conversa telefônica entre o presidente dos Estados Unidos e o secretário-geral da Aliança Atlântica, Jens Stoltenberg.

O presidente expressou seu "profundo apoio à Otan", mas convocou os membros europeus a fazer mais, afirmou a Casa Branca em um comunicado, no qual acrescentou que Trump "concordou em participar de uma reunião de líderes da Otan na Europa em maio". 

"As partes acordaram continuar com a estreita coordenação e cooperação para enfrentar toda a gama de desafios de segurança que a Otan tem diante de si", acrescentou o comunicado.

Os Estados Unidos realizam uma contribuição financeira importante à Otan e durante sua campanha Trump convocou os membros a aumentar sua contribuição.

"Os líderes discutiram sobre como encorajar todos os aliados da Otan a cumprir com seus compromissos de gastos de defesa", segundo o texto.

O presidente americano deixou os líderes europeus preocupados assim que chegou à Casa Branca, ao assumir uma postura mais suave diante de Moscou e colocando em xeque o compromisso americano com uma aliança que classificou de obsoleta.

Trump havia se mostrado muito crítico durante sua campanha à aliança atlântica, num momento em que a Rússia era encarada na Europa como uma ameaça e a Otan, amplamente impulsionada pelos Estados Unidos, parecia ser a única muralha contra Vladimir Putin.

Segundo a Casa Branca, as partes também discutiram sobre como resolver pacificamente a crise ucraniana.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias