ESTADOS UNIDOS

Expulsão de passageiro de avião provoca indignação nos EUA

Passageiro da American Airlines foi arrastado para fora do avião por conta de um overbooking cometido na véspera do voo

Heitor Nery
Heitor Nery
Publicado em 10/04/2017 às 22:13
Reprodução/Internet
Passageiro da American Airlines foi arrastado para fora do avião por conta de um overbooking cometido na véspera do voo - Reprodução/Internet
Leitura:

A companhia aérea americana United Airlines era alvo de fortes críticas nesta segunda-feira (10), após um passageiro ser retirado à força de um avião por overbooking na véspera.

 

Vários vídeos nas redes sociais gravados por passageiros chocados revelam quando três policiais agarram um homem em um assento e o arrastam pelo chão do corredor do avião para retirá-lo do aparelho.

Após horas de polêmica, o diretor da United Airlines, Oscar Muñoz, declarou que se trata de "um fato que comoveu a todos aqui na United".

"Lamentamos ter colocado esses clientes" em outros voos, assinala um comunicado publicado no "site" da companhia aérea.

"Estamos tentando contactar esse passageiro para conversar diretamente e resolver este problema", completou.

Segundo a imprensa americana, as autoridades de transportes de Chicago, às quais os policiais que executaram a ação estão subordinados, suspenderam um agente envolvido na remoção do homem.

A companhia explicou que pediu que voluntários cedessem seus assentos no voo da noite de domingo, entre Chicago e Louisville, devido a excesso de passageiros ("overbooking"). Como ninguém se apresentou, escolheu um passageiro à revelia.

As companhias aéreas americanas estão autorizadas a retirar passageiros diante de "overbooking", mas em troca de uma indenização, caso não haja "voluntários" suficientes, recordou o Departamento de Transportes.

Confira o vídeo do momento em que o passageiro é arrastado no avião:

 

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias