EUA

Trump defende propostas para saúde, corte de impostos e critica mídia

Projeto de lei de saúde dos Republicanos na Câmara dos Representantes tem atraído críticas por gastar bilhões a menos e potencialmente levar milhões de norte-americanos a perder sua cobertura de saúde

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo
Publicado em 28/05/2017 às 22:53
Foto: AFP
Projeto de lei de saúde dos Republicanos na Câmara dos Representantes tem atraído críticas por gastar bilhões a menos e potencialmente levar milhões de norte-americanos a perder sua cobertura de saúde - FOTO: Foto: AFP
Leitura:

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, defendeu em sua conta na rede social Twitter as suas propostas de corte de impostos e saúde neste domingo. "O grande corte de tributos/reforma que eu submeti está avançando muito bem no processo, na verdade antes do previsto. Grandes benefícios para todos!", escreveu Trump.

Trump sugeriu ainda um possível aumento de recursos para o sistema de saúde. "Sugiro que acrescentemos mais dólares aos cuidados com a saúde e o tornemos o melhor (programa) já visto", disse Trump. "O ObamaCare está morto - os republicanos farão muito melhor!", complementou. O projeto de lei de saúde dos Republicanos na Câmara dos Representantes tem atraído críticas por gastar bilhões a menos e potencialmente levar milhões de norte-americanos a perder sua cobertura de saúde. Senadores republicanos dizem que vão escrever o seu próprio projeto de saúde, em vez de aprovar o projeto da Câmara.

"Fake news"

Trump reforçou ainda as críticas contra a imprensa que já havia feito pela manhã, em especial ao que ele chama de "fake news" (notícias falsas, em tradução livre), expressão explorada pela sua campanha presidencial para classificar reportagens que tivessem um viés negativo a sua imagem. "A mídia Fake News trabalha duro para depreciar e degradar o meu uso de mídias sociais porque eles não querem que os EUA ouçam a história real!", afirmou o presidente dos EUA. (Leticia Pakulski - leticia.pakulski@estadao.com, com informações da Associated Press)

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias