CRÍTICAS

Alemanha e Áustria criticam sanções dos EUA contra a Rússia

O Senado americano votou na última quarta (14) novas sanções contra a economia e pessoas

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo
Publicado em 15/06/2017 às 14:44
Foto: AFP
O Senado americano votou na última quarta (14) novas sanções contra a economia e pessoas - FOTO: Foto: AFP
Leitura:

Alemanha e Áustria criticaram as sanções dos Estados Unidos contra a Rússia, alegando que podem afetar os negócios europeus de gás natural.

O Senado norte-americano votou na última quarta-feira (14) novas sanções contra a economia e pessoas, em função da interferência do país nas eleições de 2016, além de medidas tomadas na Síria e Ucrânia.

Em comunicado em conjunto, o chanceler da Áustria, Christian Kern, e o ministro das relações exteriores da Alemanha, Sigmar Gabriel, afirmaram que é importante que Europa e Estados Unidos formem uma frente sobre a questão da Ucrânia, onde os separatistas apoiados pela Rússia lutam contra as forças governamentais desde 2014.

"No entanto, nós não podemos aceitar a ameaça de sanções ilegais e extraterritoriais contra empresas europeias", citaram as autoridades, mencionando o projeto de lei que chama os Estados Unidos a continuar a se opor ao gasoduto Nord Stream 2, que bombearia gás da Rússia para a Alemanha, sob o mar Báltico.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias