Europa

União Europeia estende sanções econômicas à Rússia por mais seis meses

Sanções da União Europeia são em retaliação ao papel do governo russo no conflito civil da Ucrânia

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo
Publicado em 28/06/2017 às 9:16
Foto: AFP
Sanções da União Europeia são em retaliação ao papel do governo russo no conflito civil da Ucrânia - FOTO: Foto: AFP
Leitura:

A União Europeia estendeu oficialmente nesta quarta-feira as sanções econômicas contra a Rússia por mais seis meses.

As medidas, impostas em retaliação ao papel do governo de Moscou no conflito civil da Ucrânia, foram estendidas após votação unânime dos 28 países do bloco.

Líderes europeus haviam dado apoio às sanções na semana passada, argumentando que a Rússia não fez o bastante para respeitar o acordo de paz pensado para solucionar o conflito no leste ucraniano.

As sanções foram aplicadas pela primeira vez três anos atrás, após o início do conflito entre separatistas pró-Rússia e o governo em Kiev levar Moscou a anexar a região da Crimeia. Mais de 9,8 mil pessoas morreram no conflito civil desde então.

Em 2015, um acordo de paz ajudou a reduzir a escala do conflito, mas não encerrou as agressões dos dois lados.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias