Tiroteio

Homem abre fogo em hospital de Nova York e deixa feridos

De acordo com vários veículos de imprensa americanos, suspeito seria um ex-funcionário do hospital

JC Online
JC Online
Publicado em 30/06/2017 às 17:13
Foto: EDUARDO MUNOZ ALVAREZ / AFP
De acordo com vários veículos de imprensa americanos, suspeito seria um ex-funcionário do hospital - FOTO: Foto: EDUARDO MUNOZ ALVAREZ / AFP
Leitura:

Atualizada às 19h17

Uma pessoa morreu e outras seis ficaram feridas após após um tiroteio realizado dentro do Bronx-Lebanon Hospital, em Nova York. De acordo com a polícia local, o suspeito de realizar o ataque teria cometido suicídio logo após a ação.

De acordo com a Polícia da cidade, o suspeito teria entrado no hospital por volta das 14h50 (horário local) - 15h50 no horário de Brasília. Dos seis feridos no local, cinco foram socorridos em estado grave, enquanto uma das vítimas foi baleada na perna.

Atirador é ex-empregado do hospital

O atirador, identificado como Henry Bello, foi encontrado morto no 17º andar do hospital, mesmo andar em que foi encontrado o corpo da médica do local. O suspeito teria cometido suicídio logo após a ação e foi encontrado junto com um rifle.

Segundo informações iniciais da CNN, o suspeito seria um médico que já havia trabalhado no local. A informação, mais tarde, foi confirmada pela polícia novaiorquina.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias