CISJORDÂNIA

Israel derruba casa de palestino que matou israelenses na Cisjordânia

O palestino entrou em uma casa da colônia de Neve Tzuf, perto de Ramallah, e matou três israelenses a facadas, um pai e os dois filhos

AFP
AFP
Publicado em 16/08/2017 às 10:19
Foto: ABBAS MOMANI / AFP
O palestino entrou em uma casa da colônia de Neve Tzuf, perto de Ramallah, e matou três israelenses a facadas, um pai e os dois filhos - FOTO: Foto: ABBAS MOMANI / AFP
Leitura:

O exército de Israel destruiu a casa de um palestino que matou três israelenses em julho em uma colônia da Cisjordânia ocupada, anunciou nesta quarta-feira (16) um porta-voz militar, uma medida que o governo do Estado hebreu considera dissuasória para quem pensa em atacar seus cidadãos. 

O palestino entrou em uma casa da colônia de Neve Tzuf, perto de Ramallah, e matou três israelenses a facadas, um pai e os dois filhos. A polícia prendeu o criminoso depois que um vizinho, alertado pelos gritos das vítimas, o feriu com uma arma de fogo. 

Raed Barghuti, palestino que mora na localidade de Kubar, onde reside a família do agressor Omar al-Abed, de 19 anos, perto de Ramallah, o exército israelense destruiu a casa de dois andares.

Aumento das medidas de segurança

O ataque contra a colônia coincidiu com as tensões provocadas pela decisão israelense de aumentar as medidas de segurança ao redor da Esplanada das Mesquitas, o terceiro local sagrado do islã, na Cidade Antiga de Jerusalém. 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias