EUA

Pentágono confirma morte de três soldados americanos no Níger

Pentágono informou que soldados americanos foram emboscados perto da fronteiro do Níger com o Mali

AFP
AFP
Publicado em 05/10/2017 às 10:56
Foto: AFP
Pentágono informou que soldados americanos foram emboscados perto da fronteiro do Níger com o Mali - FOTO: Foto: AFP
Leitura:

Três soldados americanos e outro de um país aliado foram mortos quando sua patrulha foi emboscada perto da fronteira com o Mali, no sudoeste do Níger, confirmou o Pentágono nesta quinta-feira.

O Departamento de Defesa indicou que outros dois soldados americanos foram feridos no ataque, num momento em que as forças dos Estados Unidos apoiavam as operações antiterroristas do Níger na região problemática.

O ataque ocorreu cerca de 200 km ao norte de Niamey, sudoeste do Níger, afirmou o Comando dos Estados Unidos na África (Africom) em um comunicado emitido por sua sede em Stuttgart, na Alemanha.

Essa localidade faz fronteira com o Mali, onde grupos jihadistas operam.

Os soldados mortos não foram identificados, mas segundo a imprensa eles faziam parte das forças especiais dos Boinas Verdes que estão no Níger para treinar as forças locais.

A nacionalidade do quarto falecido não foi fornecida.

Os dois soldados feridos foram evacuados para o Centro Médico Regional de Landstuhl, na Alemanha, onde  permanecem em "condição estável", de acordo com Africom.

A informação confirma a presença pouco conhecida de tropas americanas na área, que faz parte do Sahel, onde os grupos jihadistas aumentam sua atividade insurgente.

"As forças dos Estados Unidos estão no Níger para fornecer treinamento e assistência às Forças Armadas do país em seus esforços para conter as organizações extremistas violentas da região", disse Africom.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias