Reino Unido

May tem 'projetos ambiciosos' para negociações sobre Brexit

Para May, uma das principais negociações do Brexit é sobre os direitos dos cidadãos expatriados

AFP
AFP
Publicado em 19/10/2017 às 11:28
Foto: AFP
Para May, uma das principais negociações do Brexit é sobre os direitos dos cidadãos expatriados - FOTO: Foto: AFP
Leitura:

A primeira-ministra britânica, Theresa May, quer aproveitar a cúpula europeia nesta quinta e sexta-feiras (19 e 20) para tratar de "projetos ambiciosos" com os outros 27 líderes da UE, de olho nas futuras negociações sobre o Brexit.

"Vamos olhar os avanços concretos que foram feitos na negociação da nossa saída e estabelecer projetos ambiciosos para as próximas semanas", anunciou May ao chegar a Bruxelas, nesta quinta.

Segundo ela, há "particular urgência" para se chegar a um acordo sobre os direitos dos cidadãos expatriados, um dos casos prioritários das discussões sobre o divórcio.

Em uma carta aberta publicada antes de ir para Bruxelas, Theresa May também se dirigiu aos três milhões de cidadãos europeus que vivem no Reino Unido, garantindo que um acordo está "ao alcance das mãos" para garantir seus direitos após o Brexit.

Depois de cinco rodadas de negociações entre junho e outubro, os europeus devem fazer um gesto na direção de May e aceitar "começar os preparativos internos" para as discussões sobre a futura relação e um período de transição após a data oficial do Brexit.

Os europeus continuam a resistir, porém, aos insistentes pedidos de Londres de já começar uma discussão sobre a futura relação entre a UE e o Reino Unido, alegando que não houve "avanço suficiente" nos três temas considerados prioritários.

Além da proteção dos direitos dos cidadãos expatriados, também são vistos como fundamentais (e sensíveis) a fatura a ser paga pelos britânicos e a questão da Irlanda e de sua fronteira.

Desde o fim da última rodada, em 12 de outubro, não se estabeleceu uma nova data para as sessões de diálogo entre os negociadores europeus, liderados por Michel Barnier, e a equipe britânica dirigida pelo ministro encarregado do Brexit, David Davis.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias