Nigéria

Atentado contra mesquita na Nigéria deixa mortos e feridos

Um homem bomba entrou disfarçado em mesquita na Nigéria durante horário de oração

AFP
AFP
Publicado em 30/10/2017 às 9:30
Foto: AFP
Um homem bomba entrou disfarçado em mesquita na Nigéria durante horário de oração - FOTO: Foto: AFP
Leitura:

Pelo menos cinco pessoas morreram nesta segunda-feira em um atentado suicida no nordeste da Nigéria, epicentro da violência do grupo jihadista Boko Haram, informou um membro da milícia civil que combate a organização junto com o exército nigeriano.

A explosão ocorreu ao amanhecer em uma mesquita a 15 km de Maiduguri, capital do estado de Borno, disse Ajiri Yala, chefe da milícia local CJTF (Civilian Joint Task Force).

"Um suicida disfarçado entrou na mesquita durante a oração da manhã", explicou à AFP por telefone. "Ele ativou seu cinto explosivo e matou cinco pessoas e feriu muitos outras", acrescentou.

Boko Haram

A facção do grupo jihadista nigeriano Boko Haram, dirigida por Abubakar Shekau, geralmente não reivindica seus ataques, mas o modus operandi utilizado (um ataque suicida contra civis) é a marca do grupo.

As mesquitas geralmente são atacadas pelos insurgentes extremistas de Shekau, que consideram qualquer civil que não tenha se juntado ao Boko Haram um inimigo.

No domingo, um miliciano em um posto de controle no bairro Muna, em Maiduguri, foi abatido e outro ficou ferido por duas mulheres que se explodiram. Na semana passada, um triplo ataque suicida deixou 14 mortos na saída de um campo de deslocados em Muna.

A ONU, que coordena as atividades humanitárias na região, declarou-se "muito preocupada" com os ataques constantes nos campos de deslocados. Cerca de um milhão de pessoas se refugiaram em Maiduguri e 2,6 milhões de pessoas tiveram que deixar suas casas na região do Lago Chade.

Últimas notícias