Crise na Espanha

Ex-ministro regional da Catalunha paga fiança e será libertado pela Justiça

Santi Vila pagou fiança de 50 mil euros. Ele foi detido na quinta-feira após prestar depoimento à Justiça espanhola

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo
Publicado em 03/11/2017 às 9:05
Foto: AFP
Santi Vila pagou fiança de 50 mil euros. Ele foi detido na quinta-feira após prestar depoimento à Justiça espanhola - FOTO: Foto: AFP
Leitura:

O ex-ministro regional da Catalunha, Santi Vila, pagou fiança de 50 mil euros e vai ser libertado da prisão em Madri. Ele havia sido detido na quinta-feira após depoimento à justiça da Espanha.

Vila, que passou uma noite de prisão, foi o único ex-membro do governo regional da Catalunha a ter uma fiança estabelecida durante audiência de separatistas com a justiça espanhola. Um funcionário da Corte Nacional, falando sob regras habituais de anonimato, disse que Vila deverá ser libertado em breve.

O pagamento de fiança foi negado a outros oito ex-funcionários do governo catalão.

Renúncia

Vila, ex-ministro regional de Negócios, renunciou ao cargo em protesto um dia antes de o parlamento da Catalunha votar a favor de uma declaração de independência.

Uma pessoa próxima de Vila também confirmou à Associated Press que ele depositou o dinheiro da fiança ao tribunal.

A juíza Carmen Lamela pediu que o passaporte de Vila fosse confiscado e determinou que ele precisaria se apresentar no tribunal a cada duas semanas.

O ex-ministro regional ainda está sendo investigado no caso de rebelião, sedição e desfalque junto com outros membros do gabinete do ex-presidente regional Carles Puigdemont. Fonte: Associated Press.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias