Guera contra o Isis

Síria anuncia expulsão do Estado Islâmico de cidade rica em petróleo

Deir Ezzour é uma das últimas regiões urbanas controladas pelos militantes extremistas

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo
Publicado em 03/11/2017 às 9:40
Foto: AFP
Deir Ezzour é uma das últimas regiões urbanas controladas pelos militantes extremistas - FOTO: Foto: AFP
Leitura:

O governo sírio afirmou nesta sexta-feira que expulsou o Estado Islâmico da cidade de Deir Ezzour, no leste do país. Trata-se de um centro de produção petrolífera da Síria, uma das últimas regiões urbanas controladas pelos militantes extremistas

A cidade é também capital da província homônima e é disputada pelo governo pelos rebeldes também porque fica próxima de grandes campos de gás. A derrota do Estado Islâmico na área retira do grupo uma de suas mais importantes fontes de receita com petróleo.

Unidades de engenharia do Exército vasculham a região para desarmar minas e explosivos improvisados deixados pelos extremistas, de acordo com a Sana, a agência estatal síria.

Controle

O Observatório Sírio pelos Direitos Humanos, grupo de monitoramento da oposição sediado no Reino Unido, afirmou que toda Deir Ezzour está sob controle do governo. Já uma agência ligada ao grupo militante xiita libanês Hezbollah, aliado do regime sírio de Bashar al-Assad, disse que o Estado Islâmico ainda controlaria 5% da cidade.

As tropas sírias são apoiadas na área pelas forças aéreas russas e por milícias muçulmanas xiitas. A ofensiva na cidade começou em setembro, com o governo e seus aliados cercando-a em meio a intensos bombardeios.

O Estado Islâmico havia tomado o controle de Deir Ezzour em julho de 2014. Fonte: Dow Jones Newswires.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias