Texas

Pastor da igreja do tiroteio no Texas quer demolir o edifício

Retomar o serviço religioso na pequena igreja rural seria "emocional e fisicamente impossível", afirmou Robert Oldham

AFP
AFP
Publicado em 09/11/2017 às 21:22
Foto: AFP
Retomar o serviço religioso na pequena igreja rural seria "emocional e fisicamente impossível", afirmou Robert Oldham - FOTO: Foto: AFP
Leitura:

O pastor da pequena igreja do Texas onde um homem cometeu um dos piores ataques com arma de fogo da história recente dos Estados Unidos quer demolir o edifício para construir em seu lugar um monumento em homenagem às vítimas, revelou um responsável nesta quinta-feira (9).

O pastor Frank Pomeroy, cuja filha de 14 anos, Annabelle, está entre as vítimas do massacre de domingo na igreja batista de Sutherland Springs, falou a seus superiores sobre este desejo. 

Retomar o serviço religioso na pequena igreja rural seria "emocional e fisicamente impossível", disse à AFP Robert Oldham, da Southern Baptist Convention, que agrupa essas igrejas cristãs. 

"A igreja ainda não tomou uma decisão" sobre a petição do pastor, informou Oldham. 

Pomeroy estava viajando quando Devin Patrick Kelley entrou na igreja para matar metodicamente 25 pessoas, incluindo uma mulher grávida, e ferir outras 20. As autoridades locais decidiram contabilizar o bebê que estava para nascer em seu balanço oficial de 26 mortos. Kelley se matou, segundo a polícia.

Doações

As igrejas batistas de todo o país ofereceram ajuda e doações financeiras, enquanto o vice-presidente americano Mike Pence visitou Sutherland Springs na noite de quarta-feira. 

"Estou aqui como vice-presidente para ter certeza de que todos os recursos dos Estados Unidos serão considerados", disse Pence. "O povo americano está com vocês".

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias