LONDRES

Londres convoca reunião de organização contra armas químicas

A OPAQ confirmou em reunião o envenenamento do ex-espião russo secreto Serguei Skripal e a filha Yulia

Kléber Barreto
Kléber Barreto
Publicado em 12/04/2018 às 12:05
Foto: AFP
A OPAQ confirmou em reunião o envenenamento do ex-espião russo secreto Serguei Skripal e a filha Yulia - FOTO: Foto: AFP
Leitura:

Londres convocou nesta quinta-feira (12), uma reunião da Organização para a Proibição das Armas Químicas (OPAQ) para 18 de abril, depois que foi confirmada a tese britânica sobre a substância usada contra um ex-espião russo em solo britânico.

"Convocamos uma sessão do conselho executivo da OPAQ para a próxima quarta-feira (18) para discutir os próximos passos. O Kremlin tem de dar respostas", afirmou o ministro das Relações Exteriores britânico Boris Johnson em um comunicado.

Confirmação

A OPAQ afirmou nesta quinta-feira que suas análises confirmam a tese britânica de que a substância neurotóxica usada no atentado contra o ex-espião russo Serguei Skripal e sua filha na Inglaterra veio da Rússia.

"Os resultados das análises dos laboratórios (...) confirmam as descobertas do Reino Unido a respeito da identidade do químico tóxico", afirma a organização com sede em Haia em um relatório apresentado em Londres. 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias