VULCÃO

Aeroporto internacional de Bali reabre após erupção vulcânica

A erupção do vulcão Agung, deixou milhares de turistas bloqueados na ilha indonésia

Kléber Barreto
Kléber Barreto
Publicado em 29/06/2018 às 9:27
Foto: RIYANTO / AFP
A erupção do vulcão Agung, deixou milhares de turistas bloqueados na ilha indonésia - FOTO: Foto: RIYANTO / AFP
Leitura:

O aeroporto internacional de Bali reabriu nesta sexta-feira (29) depois de permanecer fechado por várias horas após a erupção do vulcão Agung, que deixou milhares de turistas bloqueados nesta ilha indonésia. 

Diante do risco representado pelas cinzas vulcânicas, que atingem os 2 mil metros de altitude, o Aeroporto de Ngurah Rai foi fechado às 03h00, 16h00 Brasília de quinta-feira (28) e abriu às 14h30, 4h30 de Brasília. 

"Levando em consideração que a propagação das cinzas no espaço aéreo não é mais um perigo para os avões, após a mudanla de direção dos ventos, o aeroporto voltou a abrir", afirmou o diretor da Autoridade Aeroportuária, Herson, que, como muitos indonésios, não tem sobrenome.

A situação provocou o cancelamento de mais de 300 voos - domésticos e internacionais - saindo ou chegando à principal ilha turística do arquipélago indonésio. 

Bloqueados

Ao menos 27 mil passageiros foram afetados por esta situação e milhares de turistas permaneceram por horas no aeroporto ou nos hotéis da ilha. 

Além disso, 400 pessoas que moram nas proximidades do vulcão foram obrigadas a abandonar suas casas.

O Agung, de mais de 3.000 metros de altura, está a 75 km dos principais destinos turísticos da ilha - Kuta e Seminyak - e entra eventualmente em erupção desde que despertou no ano passado. 

A última grande erupção do Agung deixou cerca de 1.600 mortos, em 1963. 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias