Mobilidade

'Golpe do vômito' prejudica passageiros do aplicativo Uber

Motoristas notificam falsa sujeira no veículo durante viagem e passageiros são cobrados por uma taxa adicional na próxima corrida

JC Online JC Online
JC Online
JC Online
Publicado em 27/07/2018 às 14:34
Foto: EBC
A usuária entrou na justiça por Danos Morais recebeu uma indenização de R$ 4 mil reais da empresa - FOTO: Foto: EBC
Leitura:

Um novo 'golpe' de parte dos motoristas do aplicativo de mobilidade privada Uber esta prejudicando os passageiros dos Estados Unidos e México. Batizado de 'golpe do vômito', a ação consiste em notificar o aplicativo sobre uma suposta sujeira no veículo causada pelo passageiro durante a corrida. Para isso, é enviado à empresa uma notificação e fotos do carro sujo.

A questão é que não é possível identificar o dia em que a foto foi realizada.

Dessa forma, o motorista é reembolsado recebendo uma taxa adicional para limpeza e as eventuais corridas que a pessoa perderia enquanto o veículo estivesse sem condições de uso. Para o passageiro, é cobrada uma taxa entre U$ 80 e U$ 100 (aproximadamente R$ 400).

DEFESA

Para os passageiros se defenderem da situação, precisam enviar alguns e-mails e convencer a empresa de que não devem ser cobrados. A Uber investiga a situação e, se concordar com a alegação, devolve o valor da taxa cobrada anteriormente.

Últimas notícias