SUSTO

Vídeo: turista fica pendurado em asa-delta apenas pelas mãos

O susto aconteceu enquanto o rapaz fazia uma viagem à Suíça. O mosquetão usado para prendê-lo falhou, e ele se segurou no instrutor para evitar uma tragédia

Bianca Sousa
Bianca Sousa
Publicado em 27/11/2018 às 17:00
Foto: Reprodução/Vídeo
O susto aconteceu enquanto o rapaz fazia uma viagem à Suíça. O mosquetão usado para prendê-lo falhou, e ele se segurou no instrutor para evitar uma tragédia - FOTO: Foto: Reprodução/Vídeo
Leitura:

Um vídeo divulgado nas redes sociais mostra momentos de pavor e medo que o turista norte-americano, Chris Gursky, passou ao voar de asa-delta pelos Alpes Suíços, em seu primeiro dia de viagem. O viajante levou um susto ao identificar que o mosquetão usado para prendê-lo ao equipamento havia falhado.

Para se salvar, Chris se pendurou no instrutor que o acompanhava no voo. A centenas metros do chão, o viajante procurou se apoiar no braço e perna do rapaz, que teve que guiar o asa-delta com apenas uma mão para segurar o turista com a outra.

A primeira tentativa de pouso, em uma clareira na montanha, falhou após o asa-delta ganhar mais altitude. O equipamento se distanciou ainda mais do chão e eles sobrevoaram uma pequena cidade.

Em quase três minutos de apreensão no ar, por fim, o instrutor conseguiu pousar em um pasto. Chris saltou um pouco antes, e por conta do impacto, fraturou o pulso, e precisou passar por cirurgia para colocar placa de titânio. Ele recebeu alta no dia seguinte.

Veja o vídeo:

Em entrevista, o turista percebeu que mesmo com o erro da equipe de voo, o seu instrutor se esforçou para evitar a possível tragédia. "Ele fez tudo o que podia para descer ao solo o mais rápido possível, enquanto segurou em meu equipamento e pilotou com apenas uma mão", contou.

Chris ainda arriscou mais uma aventura. "Eu vou voar de asa-delta mais uma vez porque não consegui aproveitar o meu primeiro voo", brincou.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias