Tragédia

Terremoto nas Filipinas deixa mortos e dezenas de feridos

De acordo com o Serviço Geológico dos Estados Unidos, os terremotos atingiram 5,4 e 5,9 graus de magnitude

AFP
AFP
Publicado em 27/07/2019 às 7:42
Notícia
Foto: Agnes Salengua Nico / Courtesy of Agnes Salengua Nico / AFP
De acordo com o Serviço Geológico dos Estados Unidos, os terremotos atingiram 5,4 e 5,9 graus de magnitude - FOTO: Foto: Agnes Salengua Nico / Courtesy of Agnes Salengua Nico / AFP
Leitura:

Ao menos oito pessoas morreram e dezenas ficaram feridas neste sábado (27) devido a dois terremotos que sacudiram várias ilhas do norte das Filipinas, informaram as autoridades locais. A informação foi confirmada pelo prefeito Raúl de Sagon à agência AFP.

Os terremotos ocorreram com algumas horas de intervalo na província de Batanes, um grupo de pequenas ilhas situadas ao largo de Luzon, a maior ilha do país.

Famílias inteiras em pânico abandonaram suas residências, enquanto nos hospitais os pacientes eram removidos para espaços abertos para protegê-los de eventuais desabamentos. Equipes de resgate já atuam na busca de sobreviventes e corpos sob os escombros.

Terremotos

De acordo com o Serviço Geológico dos Estados Unidos, os terremotos atingiram 5,4 e 5,9 graus de magnitude, e não houve alerta de tsunami. O primeiro tremor ocorreu por volta das 04H15 local (17H15 Brasília de sexta), e o segundo foi registrado quatro horas depois.

O oficial da polícia Uzi Villa informou que devido ao horário do primeiro terremoto a maioria da população ainda estava em casa. "Viram como as casas sacudiam, algumas paredes cederam e as casas caíram sobre seus ocupantes". Ainda segundo Villa, "algumas pessoas morreram porque estavam dormindo, já que ocorreu em plena madrugada".

As Filipinas integram o chamado "Círculo de Fogo", um arco com intensa atividade sísmica que se estende do Japão ao sudeste asiático através do Oceano Pacífico.

Em abril, um terremoto de 6,3 graus matou 11 pessoas em uma zona situada ao norte de Manila.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias