CATEDRAL DE NOTRE-DAME

Obras para reconstrução da Notre-Dame são reiniciadas

As obras foram retomadas às 8h desta segunda-feira (19)

AFP
AFP
AFP
Publicado em 19/08/2019 às 20:30
Foto: Pierre Galey/AFP
FOTO: Foto: Pierre Galey/AFP
Leitura:

As obras de consolidação para reconstruir a catedral de Notre-Dame de Paris foram retomadas nesta segunda-feira(19), após serem interrompidas por um risco de contaminação com chumbo.

O monumento histórico, o segundo mais visitado da Europa, foi parcialmente destruído em um incêndio em 15 de abril.

''As obras foram reiniciadas às 8h desta segunda-feira(19) com cerca de 50 operários, no máximo'', indicou o Ministério da Cultura.

A Inspeção de Trabalho havia autorizado a retomada das obras suspensas em 25 de julho após ter se assegurado que haviam sido instaladas as medidas de segurança necessárias, incluindo vestimentas especiais e um estrito protocolo de entrada e saída do local.

O objetivo é garantir a segurança do pessoal que trabalha na catedral e impedir a dispersão da poeira de chumbo fora da obra, protegida hermeticamente. 

Estes trabalhos estão destinados a consolidar o edifício, evitando ao mesmo tempo a queda de pedras ou qualquer desequilíbrio que possa danificar a estrutura gótica.

As obras de restauração propriamente ditas começarão a partir do primeiro semestre de 2020.

Na semana passada, o Ministério de Cultura considerou de ''necessidade imperiosa'' a retomada das obras, advertindo de um risco de desabamento da catedral.

História da Catedral de Notre-Dame

A Catedral de Notre-Dame de Paris foi construída entre 1163 e 1245 na Île de la Cité, Ilha da Cidade em português. Ela é uma das catedrais góticas mais antigas do mundo. O nome significa Nossa Senhora e é dedicada à Virgem Maria. Cerca de 13 milhões de pessoas visitam ao ano, ela é o monumento histórico mais frequentado da Europa.

Ela já recebeu, em seus oito séculos de história, várias reformas. Sendo a mais importante em meados do século XIX

Em Notre-Dame foram realizados importantes acontecimentos, entre os quais vale destacar a coroação de Napoleão Bonaparte, a beatificação de Joana D’Arc e a coroação de Henrique VI da Inglaterra.

Veja imagens do incêndio que atingiu a Catedral de Norte-Dame:

Foto: AFP
Um incêndio atingiu a catedral de Notre-Dame, em Paris, nesta segunda-feira (15) - Foto: AFP
Foto: AFP
Uma multidão de parisienses e turistas chocados, alguns chorando, outros rezando, olhavam com horror - Foto: AFP
Foto: AFP
As chamas devoraram a emblemática catedral de Notre-Dame, no centro de Paris - Foto: AFP
Foto: AFP
Todos viram, perplexos, o maior monumento visitado da Europa se destruir em meio ao fogo - Foto: AFP
Foto: AFP
As chamas começaram por volta das 19h50 local (14h50 no horário de Brasília - Foto: AFP
Foto: AFP
Rapidamente, vários bombeiros foram chamados para conter o incêndio - Foto: AFP
Foto: AFP
Bombeiros indicaram que uma reforma pode ter começado o incêndio - Foto: AFP
Foto: AFP
Mas ainda não há uma confirmação oficial. Só uma perícia no local dirá o que, de fato, aconteceu - Foto: AFP
Foto: AFP
A estrutura principal da Notre-Dame foi salva e preservada - Foto: AFP
Foto: AFP
Um dos profissionais ficou gravemente ferido e é a única vítima relatada - Foto: AFP
Foto: AFP
Muita coisa foi destruída no incêndio - Foto: AFP
Foto: AFP
A polícia tentava afastar transeuntes das duas ilhas do Sena - Foto: AFP
Foto: AFP
O vento espalhou, rapidamente, as cinzas pelo centro de Paris - Foto: AFP
Foto: Pierre Galey/AFP
De longe era possível ver toda a destruição - Foto: Pierre Galey/AFP
Foto: AFP
A comoção foi grande em todo lugar do planeta - Foto: AFP
Foto: AFP
Vários líderes mundiais se solidarizaram com a tragédia - Foto: AFP
Foto: AFP
A Catedral de Notre-Dame de Paris foi construída entre 1163 e 1245 na Île de la Cité - Foto: AFP
Foto: AFP
Ela é uma das catedrais góticas mais antigas do mundo - Foto: AFP
Foto: AFP
Apesar da destruição, o presidente francês garantiu: "vamos reconstruir a Notre-Dame" - Foto: AFP

Últimas notícias