VATICANO

Papa Francisco se desculpa por tapa no braço de peregrina que o puxou

Pontífice disse que deu um "mau exemplo" com sua reação a ato inesperado da mulher

Carolina Fonsêca
Carolina Fonsêca
Publicado em 01/01/2020 às 12:59
Notícia
Foto: Handout / VATICAN MEDIA / AFP
Pontífice disse que deu um "mau exemplo" com sua reação a ato inesperado da mulher - FOTO: Foto: Handout / VATICAN MEDIA / AFP
Leitura:

O papa Francisco pediu desculpas, nesta quarta-feira (1º), por ter dado um tapa no braço de uma mulher quando ela segurou a mão dele e o puxou em sua direção, segundo o portal Terra. O caso aconteceu na última terça-feira (31), durante uma caminhada na Praça de São Pedro.

O pedido de desculpas ocorreu depois que ele usou sua primeira homilia do ano novo para denunciar a violência contra as mulheres, que ele comparou a profanar Deus. Sobre o ocorrido, o papa afirmou que deu um "mau exemplo".

A mulher, que não foi identificada, agarrou a mão do papa, inesperadamente, e o puxou em sua direção. Francisco, surpreendido, se libertou dando um tapa no braço dela.

"Muitas vezes perdemos a paciência, até eu, e peço desculpas pelo mau exemplo de ontem", disse o papa, nesta quarta, no final da tradicional missa de Ano Novo, na Praça de São Pedro.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias