rio de janeiro

Em desfile no Rio, Anitta canta Pabllo Vittar, e perde a paciência com roubo de celulares

Cantora parou o show três vezes para reclamar dos roubos e furtos

Diogo Menezes
Diogo Menezes
Publicado em 29/02/2020 às 16:58
Notícia
Foto: Reprodução de Twitter
Cantora parou o show três vezes para reclamar dos roubos e furtos - FOTO: Foto: Reprodução de Twitter
Leitura:

Um caso inusitado, mas não inédito, tirou a cantora Anitta do sério, na tarde deste sábado (29), durante o desfile do Bloco da Anitta, no Rio de Janeiro. Após parar de cantar três vezes por causa de episódios de roubos ou furtos de celulares, a funkeira fez um apelo no microfone. "Eu hein gente, vai se matar pra lá que tem espaço", disse, irritada. Mesmo com a irritação, teve espaço para que ela cantasse o sucesso do momento de Pabllo Vittar, Amor de Que.

Roubos e brigas são comuns em blocos de Carnaval. Veja flagrantes no Galo da Madrugada 2020

Nas três ocasiões do roubo, Anitta parou de cantar. Na primeira vez, ela pediu que a polícia retirasse o suposto ladrão. "Pega esse rapaz e tira ele do bloco, por favor. Leva para a delegacia, para onde tiver que levar. Já avisei que aqui não tem essa", pediu Anitta às autoridades policiais que faziam a segurança do evento. O caso durou menos de dois minutos.

Dez minutos depois, nova paralisação por causa de roubo de celular. Na terceira vez, a irritação da cantora foi visível. "Eu hein gente, vai se matar pra lá que tem espaço. Olho tudo o que está acontecendo. Se teve briga, se alguém
foi roubado, para chamar a atenção. Porque eu sou assim né. Fico controlando", disse.

CANTOU PABLLO VITTAR

Mas nem tudo foi irritação. Num dos momentos, ela cantou a música que está estourada na voz de Pablo Vittar, Amor de que. Ela foi acompanhada pelo público.

 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias