PT

Petistas temem crise entre advogados de Lula

Integrantes petistas temem a saída do ex-ministro do STF, Sepúlveda Pertence, da equipe após desentendimentos internos

Vitor Nascimento
Vitor Nascimento
Publicado em 29/06/2018 às 8:17
Foto: Nelson Almeida/AFP
Integrantes petistas temem a saída do ex-ministro do STF, Sepúlveda Pertence, da equipe após desentendimentos internos - FOTO: Foto: Nelson Almeida/AFP
Leitura:

A divisão interna entre os advogados que compõem a equipe de defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva colocou em alerta a direção do PT. Integrantes da cúpula petista temem a saída do ex-ministro do Supremo Tribunal Federal Sepúlveda Pertence da equipe depois de desentendimentos com o advogado Cristiano Zanin Martins.

O jornal Folha de S.Paulo revelou e O Estado de S. Paulo confirmou que Sepúlveda quer conversar com Lula pessoalmente antes de decidir se continua ou não na defesa do petista. O ex-ministro teria se sentido desautorizado por Zanin e pelo próprio Lula no caso do pedido de prisão domiciliar para o ex-presidente feito ao STF.

Segundo petistas, Sepúlveda fez o pedido sem consultar a equipe, o que enfureceu Zanin por contrariar a estratégia política/jurídica de não aceitar decisão que não seja pela inocência de Lula.

A advogada Valeska Teixeira Martins, sócia e mulher de Zanin, negou que haja crise na defesa de Lula. O principal temor dos petistas é de que as divergências entre os advogados prejudique a defesa do ex-presidente justamente no momento em que o STF pode julgar os recursos que pedem a libertação do petista. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias