OPOSIÇÃO

Paulo Câmara diz que não vai entrar em 'rinha' com Armando

Criticado pelo adversário, Paulo Câmara afirmou que não vai bater boca, mas falou em 'mostrar dificuldades'

Do Blog de Jamildo
Do Blog de Jamildo
Publicado em 19/08/2018 às 13:17
Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem
Criticado pelo adversário, Paulo Câmara afirmou que não vai bater boca, mas falou em 'mostrar dificuldades' - FOTO: Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem
Leitura:

Criticado pelo senador Armando Monteiro Neto (PTB), novamente seu adversário nas eleições deste ano, o governador Paulo Câmara (PSB) afirmou neste domingo (19), durante a inauguração do seu comitê de campanha no Recife, que vá discutir com o petebista durante o período eleitoral.

O parlamentar tem usado temas como a segurança pública, calo do governo socialista, para questionar a sua gestão em Pernambuco.

"Vou fazer uma campanha mostrando o que eu fiz. Não vou entrar em rinha, ficar batendo boca com ninguém. Mas, lógico, vou dizer também as dificuldades, tudo que a gente sofreu com esse governo Temer", disse Paulo Câmara.

"Palanque de Temer"

O socialista tem atribuído ao petebista a pecha de "palanque de Temer", para explorar a impopularidade do presidente emedebista. Enquanto isso, busca mostrar que está coligado ao PT, partido do ex-presidente Lula, que tem 54% das intenções de voto, segundo a última pesquisa Ibope, realizada em junho.

Nos primeiros dias de campanha, os candidatos ao Senado nas duas chapas têm trocado farpas publicamente.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias