DEBATE

Temer está no seu palanque, diz Paulo Câmara para Armando no debate da Rádio Jornal

Paulo Câmara (PSB) e Armando Monteiro (PTB) tentaram colar um no outro a imagem do presidente Michel Temer (MDB) no debate da Rádio Jornal

Paulo Veras
Paulo Veras
Publicado em 28/08/2018 às 10:48
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
FOTO: Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Leitura:

Questionado pelo senador Armando Monteiro (PTB) a explicar seu apoio ao senador Aécio Neves (PSDB) nas eleições de 2014 e a retirada da candidatura da vereadora do Recife Marília Arraes (PT), o governador Paulo Câmara (PSB) trabalhou para colar no petebista a imagem de representar o presidente Michel Temer (MDB).

"A forma como o Brasil vem sendo administrado por Temer, que os ministros estão todos no seu palanque, não foi bom para Pernambuco", afirmou Paulo Câmara. "Meu partido, tão logo Temer assumiu o governo, foi contrário a assumir cargo. O deputado Fernando Filho, que hoje lhe apoia, fez muito mal ao povo de Pernambuco", disparou.

Sobre Marília, o governador afirmou que o PSB fez uma aliança nacional com o PT, que envolveu a aliança em Pernambuco em torno de Lula. Ele também admitiu o apoio a Aécio Neves, mas lembrou que ele perdeu as eleições.

Ao lembrar os votos do PSB a favor do impeachment, Armando insistiu que Paulo tem um compromisso na origem com o governo Temer. "O palanque do Temer está no seu palanque. Nós fomos contra a reforma trabalhista. Afirmei isso publicamente", respondeu o socialista. "A turma do Temer está no seu palanque. E nós apoiamos o presidente Lula", insistiu o governador.

Armando

O candidato da coligação Pernambuco Vai Mudar, por sua vez, fez questão de salientar sua relação com o ex-presidente Lula (PT) e sua "lealdade" à ex-presidente Dilma Rousseff (PT), comprovada, segundo ele, com seu voto contrário ao impeachment da petista. Sobre as acusações de que faria parte da "turma do Temer", Armando respondeu afirmando que não se sente mal ao lado dos seus aliados que já foram ministros do presidente emedebista.

"(Bruno e Mendonça) São homens públicos honrados, ficha limpa, têm uma longa lista de serviços prestados. Foram leais, na medida em que eram oposição, portanto votaram a favor do impeachment, que dividiu comunidade jurídica. Foram coerentes, diferentemente do PSB. Me sinto bem em caminhar ao lado deles", declarou o petebista durante o debate.

Debate

Paulo Câmara (PSB), Armando Monteiro (PTB), Dani Portela (PSOL) e Maurício Rands (PROS) se enfrentam no primeiro debate das eleições em Pernambuco na Rádio Jornal, nesta terça, das 10h às 12h.

Foto: Diego Nigro/JC Imagem
- Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
- Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Foto: Diego Nigro/JC ImagemFoto: Diego Nigro/JC Imagem
- Foto: Diego Nigro/JC ImagemFoto: Diego Nigro/JC Imagem
-

Últimas notícias