Movimento

Apoiadores de Bolsonaro fazem carreata em Olinda

A carreata foi organizada através das redes sociais a partir da terça-feira (11), dia em que Jair Bolsonaro deveria estar em terras pernambucanas

JC Online
JC Online
Publicado em 16/09/2018 às 19:30
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
A carreata foi organizada através das redes sociais a partir da terça-feira (11), dia em que Jair Bolsonaro deveria estar em terras pernambucanas - FOTO: Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Leitura:

A orla de Olinda, na Região Metropolitana do Recife, foi palco de uma carreata com adesivaço em apoio ao presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) na manhã deste domingo (16). O evento teve concentração, às 9h, na frente do Centro de Convenções, no bairro de Salgadinho, e seguiu os sete quilômetros da avenida beira-mar até a Ponte do Janga, em Paulista. O grande volume de carros e motos surpreendeu quem viu a movimentação e animou os organizadores do ato.

“Foi um movimento com uma recepção muito boa. É claro que vimos pessoas fazendo sinais negativos, mas a maioria respeitou, não teve briga ou confusão, e o volume de carros foi de tomar a orla toda de Olinda. Estou envolvido com política há muito anos e foi a primeira vez que vi uma receptividade como a de hoje (domingo). Também temos tido uma venda muita boa de camisas e com essa verba fazemos material de campanha”, explicou um dos organizadores do ato pró-Bolsonaro em Olinda, Thiago Bunzen.

Ação

A organização do evento, encabeçada pelos movimentos Direita Pernambuco e PSL Jovem, não contabilizou o número de veículos na atividade. A carreata foi organizada através das redes sociais a partir da terça-feira (11), dia em que Jair Bolsonaro deveria estar em terras pernambucanas, de acordo com a agenda de campanha. O deputado federal e presidenciável, no entanto, está internado desde que sofreu uma facada no abdômen durante um ato de campanha, no dia 6 de junho, em Juiz de Fora (MG).

Além de Olinda, houve carreatas em apoio a Bolsonaro outras três cidades pernambucanas: Buíque e Caruaru, no Agreste, e Afogados da Ingazeira, no Sertão do Estado.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias