ELEIÇÕES 2018

Ibope: intenção de voto em Bolsonaro cresce seis pontos entre mulheres

O candidato do PSL foi de 18% para 24% entre o eleitorado feminino

JC Online
JC Online
Publicado em 02/10/2018 às 8:47
Foto: Sergio Bernardo/JC Imagem
O candidato do PSL foi de 18% para 24% entre o eleitorado feminino - FOTO: Foto: Sergio Bernardo/JC Imagem
Leitura:

Apesar das passeatas do movimento "#EleNão", liderado por mulheres, que tomaram as ruas de várias cidades do país no último fim de semana, o desempenho do candidato Jair Bolsonaro (PSL) entre o eleitorado feminino teve um crescimento expressivo. De acordo com a última pesquisa divulgada pelo Ibope, nesta segunda (1), o presidenciável foi de 18% para 24% de intenção de voto nesse recorte.

O ganho impulsionou Bolsonaro na pesquisa geral, onde aparece com 31%, um crescimento de quatro pontos percentuais em relação ao último levantamento. Com isso, o militar da reserva abriu uma vantagem de dez pontos percentuais em relação a Fernando Haddad (PT), segundo colocado com 21%.

O maior aumento foi registrado entre eleitoras de alta renda do Sudeste, segundo a diretora-executiva do Ibope, Márcia Cavallari, disse à Globo News. O instituto realizou a pesquisa entre os dias 29 e 30 de setembro, dia das manifestações contra e também a favor de Bolsonaro.

Eleitorado masculino

Até então, o presidenciável do PSL vinha tendo dificuldade de alavancar sua campanha com as mulheres, sendo 21% o maior índice alcançado até o último levantamento. Já entre os homens, o candidato tem um acolhimento maior, e foi de 36% para 39%. Em ambos os recortes, Haddad se manteve dentro da margem de erro e aparece com 21% das intenções do voto masculino e 20% entre o público feminino.

A pesquisa

A pesquisa foi realizada nos dias 29 a 30 de setembro de 2018. Foram entrevistados 3.010 votantes em 208 municípios. A margem de erro máxima estimada é de dois pontos porcentuais para mais ou para menos. O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro. O levantamento foi contratado pelo Estado e pela TV Globo, com registro no Tribunal Superior Eleitoral sob o protocolo Nº BR-08650/2018.

Últimas notícias