ELEIÇÕES 2018

'A eleição não acaba amanhã', diz Armando Monteiro

Na véspera do primeiro turno, senador fará caminhadas na Zona da Mata e RMR

Ana Tereza Moraes
Ana Tereza Moraes
Publicado em 06/10/2018 às 10:21
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Na véspera do primeiro turno, senador fará caminhadas na Zona da Mata e RMR - FOTO: Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Leitura:

Em segundo lugar nas pesquisas de intenção de voto, o candidato ao governo do Estado pela coligação Pernambuco Vai Mudar, senador Armando Monteiro (PTB), seguiu reafirmando a tese de que a eleição não será definida no próximo domingo (7), dia em que será realizado o primeiro turno da disputa. Na reta final da campanha eleitoral, ele procurou manter, nessa sexta-feira (5), o ritmo de campanha e a estratégia de intensificar agendas na Região Metropolitana do Recife (RMR) ao lado de aliados e integrantes da sua chapa majoritária. No fim do dia, porém, uma caminhada marcada para às 17h, no bairro do Cordeiro, na Zona Oeste do Recife, foi transferida para Olinda e, posteriormente, cancelada devido a um atraso no compromisso anterior, em Abreu e Lima. 

“Essa eleição será de dois turnos. Aí, com a igualdade de condições, poderemos fazer um debate justo, sem mentiras e falseamentos”, projetou Armando, na tarde de ontem, durante a caminhada em Abreu e Lima. 

O petebista caminhou pelo centro comercial do município ao lado do candidato ao Senado Federal Mendonça Filho (DEM), do ex-prefeito Flávio Gadelha e do vereador Soldado Zeferino (PDT). 

“As pesquisas mostram que a oposição está crescendo, o que significa que a maioria do povo de Pernambuco reprovou esse governador que já teve a sua chance. O que nós pedimos é uma oportunidade para governar Pernambuco e mudar o que está aí”, afirmou Armando.

De acordo com a pesquisa JC/Ibope/TV Globo, divulgada na última terça-feira (2), o petebista tem 27% das intenções de voto, 12 pontos atrás do governador Paulo Câmara (PSB), que apareceu com 39%. Em um cenário de segundo turno entre os dois, Paulo tem 43% e Armando 34%. 

Na manhã dessa sexta, o senador escolheu o bairro do Curado III, em Jaboatão dos Guararapes, onde circulou pelo comércio da localidade acompanhado do seu candidato a vice-governador, o vereador do Recife Fred Ferreira (PSC). O município – comandado pelo cunhado de Fred, o prefeito Anderson Ferreira (PR) – é reduto eleitoral da família Ferreira, que rompeu com Paulo Câmara em junho deste ano para se aliar a Armando. 

Na agenda, o petebista acusou o PSB de querer decidir a eleição “antes do tempo”, com uma campanha de “mentiras e jogo sujo”. “Mas quem decide é o povo de Pernambuco”, disse.

Neste sábado (6), na véspera da eleição, Armando visita a feira de Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata Sul do Estado, às 8h. Depois, volta para Recife, onde faz caminhada e visita a Feira do Cordeiro, Zona Oeste da capital pernambucana, às 10h30. Em ambas as agendas, ele estará acompanhado pelo postulante a vice e os candidatos ao Senado Mendonça Filho e Bruno Araújo (PSDB). Seu último compromisso antes do Dia D será uma transmissão ao vivo no Facebook, a primeira da sua campanha, às 17h40. 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias