ELEIÇÕES 2018

'Peço um voto de confiança', diz Rands em agenda pelos mercados do Recife

Candidato pelo PDT, Maurício Rands escolheu três mercados públicos no Recife para cumprir agenda neste sábado (6), último dia de campanha

Luisa Farias
Luisa Farias
Publicado em 06/10/2018 às 19:59
Foto: Divulgação
Candidato pelo PDT, Maurício Rands escolheu três mercados públicos no Recife para cumprir agenda neste sábado (6), último dia de campanha - FOTO: Foto: Divulgação
Leitura:

O candidato ao Governo de Pernambuco pelo PDT, Maurício Rands visitou três mercados públicos no Recife neste sábado (6), último dia de campanha antes dos pernambucanos irem às urnas para o 1º turno: Os mercados do Cordeiro e de Afogados, na Zona Oeste da capital pernambucana, e da Encruzilhada, na Zona Norte. 

“Peço um voto de confiança. É uma chance para fazer o bem a Pernambuco”, afirmou Rands. 

Lossio, Rands, Dani e Simone: saiba por que eles querem governar Pernambuco

No Mercado de Afogados, ele apresentou propostas, respondeu dúvidas e pediu voto para os comerciantes e o público do local. “Não queremos deixar o Estado parado, nem queremos que ele volte para trás. Vote no futuro”, disse o candidato aos eleitores. 

Já no Mercado da Encruzilhada, o líder da coligação O Pernambuco Que Você Quer tratou sobre o tema da corrupção. “Vamos ser implacáveis, vamos estabelecer controles, para que a sociedade civil possa vigiar as indicações do governo”, prometeu. 

Candidato

A chapa de Rands é formada pelo seu partido, o PDT, e pelo PROS e o Avante. Sua candidata a vice-governadora é a ex-vereadora do Recife Isabella de Roldão (PDT) e os candidatos ao Senado Federal são Silvio Costa (Avante) e Lídia Brunes (PROS). 

De acordo com a pesquisa JC/Ibope/TV Globo divulgada na noite deste sábado (6), Maurício Rands está em quatro lugar na disputa para o Palácio do Campo das Princesas, empatado com a candidata Dani Portela, com 3% dos votos válidos. 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias