PRECONCEITO

OABs do NE repudiam ofensas a nordestinos nas redes sociais

Os ataques a nordestinos começaram logo após a divulgação do resultado que levou a decisão para o segundo turno

Cássio Oliveira
Cássio Oliveira
Publicado em 09/10/2018 às 12:28
Foto: Reprodução / Facebook
Os ataques a nordestinos começaram logo após a divulgação do resultado que levou a decisão para o segundo turno - FOTO: Foto: Reprodução / Facebook
Leitura:

Os presidentes de todas as seccionais da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) no Nordeste lançaram nota conjunta, nesta terça-feira (9), repudiando manifestações de discriminação contra nordestinos nas redes sociais após a vitória de Fernando Haddad (PT) na região. "É crucial, portanto, que o salutar confronto de ideias neste período eleitoral não descambe no discurso de ódio e em manifestações discriminatórias, as quais, por sua natureza, violam o princípio democrático", diz trecho da nota.

Após a votação do último domingo, mais de 600 mil tuítes dividiram opiniões entre críticos aos candidatos Jair Bolsonaro (PSL) e Haddad, que estarão no segundo turno das eleições. Além de memes e piadas, tuítes preconceituosos discriminaram eleitores nordestinos. A divisão regional e o crescimento do antipetismo no Brasil ficaram explícitos em diversos tuítes que chegaram a comparar o Nordeste com a Venezuela e a defender a separação da região do resto do Brasil.

Em um tweet publicado às 18h08, o usuário @tonim_jr escreveu que o Nordeste deveria ser cortado do mapa, “para o comunismo ficar lá”. Outras pessoas também mencionaram os programas Bolsa Família e a seca para criticar os nordestinos. Do outro lado político, eleitores críticos a Bolsonaro agradeceram à região Nordeste. O usuário @wiureal comentou que o Nordeste “vai livrar o Brasil do fascismo”.

Jair Bolsonaro ganhou em 16 Estados e no Distrito Federal. Já Haddad ganhou em nove unidades da federação: em oito Estados do Nordeste e no Pará. Bolsonaro ficou em primeiro lugar, com 46% dos votos válidos, enquanto o petista recebeu 29% Entre os Estados do Nordeste, Haddad só não ganhou no Ceará, onde Ciro Gomes (PDT) levou 41% dos votos.

CONFIRA A NOTA DA OAB

"Os presidentes de todas as seccionais da Ordem dos Advogados do Brasil no Nordeste vêm, por meio desta, manifestar o seu repúdio às diversas manifestações discriminatórias contra o povo nordestino que têm sido divulgadas nas mídias sociais desde a divulgação do resultado do primeiro turno das eleições presidenciais em curso.

O Brasil vive um momento crucial em sua democracia e, no processo eleitoral, é legítima a pluralidade de ideias e de projetos políticos que expressem os diversos anseios e ideais da nossa população. Contudo, as manifestações políticas devem sempre respeitar os princípios e valores fundamentais da ordem republicana, notadamente a tolerância, a dignidade da pessoa humana e o objetivo comum de construção de uma sociedade livre, justa e solidária.

É crucial, portanto, que o salutar confronto de ideias neste período eleitoral não descambe no discurso de ódio e em manifestações discriminatórias, as quais, por sua natureza, violam o princípio democrático. O crime de racismo, declarado inafiançável e imprescritível pelo Constituinte originário, deve ser repudiado e combatido por todos os cidadãos brasileiros, independentemente de suas convicções políticas e das correntes ideológicas que abracem.

O delicado momento vivido por nossa jovem democracia exige de todos o empenho por manter a união do povo brasileiro em toda a sua diversidade, não apenas de raça, sexo e cor, mas também de origem. Os representantes da advocacia nordestina manifestam, pois, seu permanente e intransigente compromisso com os valores democráticos e com o combate a todas as formas de racismo e de discriminação.

OAB ALAGOAS – Presidente Fernanda Marinela
OAB BAHIA – Presidente Luiz Viana
OAB CEARÁ – Presidente Marcelo Mota
OAB MARANHÃO – Presidente Thiago Diaz
OAB PARAÍBA – Presidente Paulo Maia
OAB PERNAMBUCO – Presidente Ronnie Duarte
OAB PIAUÍ – Presidente Francisco Lucas
OAB RIO GRANDE DO NORTE – Presidente Paulo Coutinho
OAB SERGIPE – Presidente Inácio Krauss"

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias