Haddad em PE

'Ele só fala absurdos a respeito do Brasil', diz Haddad em ato no Recife

O petista aproveitou o ato marcado na capital pernambucana para lançar críticas ao seu adversário

Maria Eduarda Bravo
Maria Eduarda Bravo
Publicado em 25/10/2018 às 18:10
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
FOTO: Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Leitura:

A menos de 3 dias do segundo turno, o presidenciável Fernando Haddad (PT) marcou presença nesta quinta-feira (25), no Recife. Em ato marcado na Praça do Carmo, Centro da capital pernambucana, o petista afirmou em entrevista coletiva que a virada já começou no Sudeste e que lançou críticas ao seu adversário Jair Bolsonaro (PSL). "A virada já começou no Sudeste, principalmente na cidade de São Paulo. Ele só fala absurdos a respeito do Brasil, das mulheres, dos nordestinos, dos negros", disse. 

"A população está na rua, esperançosa, vendo que é Bolsonaro, vendo o que ele fez e o que ele falou. Uma pessoa que não respeita ninguém. Eu espero que o povo brasileiro se faça respeitar derrotando Jair Bolsonaro no domingo", acrescentou Haddad.

Estiveram presentes no ato a presidente nacional do PCdoB, Luciana Santos, o governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), o senador reeleito Humberto Costa (PT) e a deputada federal eleita Marília Arraes, a candidata ao Governo Dani Portela (PSOL) e o prefeito do Recife, Geraldo Júlio (PSB).

Quando questionado sobre o populismo presente na sua campanha, Haddad continuou criticando o posicionamento de Bolsonaro sobre a camada mais pobre da população. "Sempre foi contra e agora quer dar o bolsa família, ele queria dar capim para quem sempre dissemos que o poder de compra recupera a economia. O povo sem dinheiro não tem como a economia reagir, o gás é um terço da questão dos caminhoneiros, porque para o caminhoneiro dá e para a dona de casa não dá", falou o ex-prefeito de São Paulo. 

Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Nesta quinta (25), Fernando Haddad (PT) marcou presença no Recife para realizar ato de campanha - Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
- Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
- Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
A vereadora e eleita deputada federal Marília Arraes (PT), compareceu ao ato desta quinta (25) - Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
- Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Antes de subir ao palanque, Haddad concedeu uma entrevista para a imprensa - Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Na coletiva estavam presentes: Paulo Câmara (PSB), Humberto Costa (PT) e Luciana Santos (PCdoB) - Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
- Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
O ato aconteceu na Praça do Carmo, área central do Recife - Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
- Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
O mar vermelho preencheu a Praça do Carmo - Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem

PESQUISA EM SP

A pesquisa mostrou que o petista teve 51% dos votos válidos na cidade de São Paulo, contra 49% de Bolsonaro. Os números indicam uma arrancada de Haddad, que no primeiro turno obteve 19,7% dos votos dos paulistanos, contra 44,58% de Bolsonaro.

No levantamento anterior, divulgado no último dia 17, Bolsonaro tinha 63% das intenções de votos válidos, que desconsideram os brancos, nulos e indecisos, e Haddad aparecia com 37%.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias