Reforma

Bolsonaro diz que, se eleito, apresentará reforma da Previdência no ano que vem

Bolsonaro não deu detalhes sobre as mudanças que pretende apresentar, mas sinalizou que as regras podem ser distintas para cada grupo social

Marcelo Aprigio
Marcelo Aprigio
Publicado em 26/10/2018 às 1:22
Foto: Reprodução/TV Aparecida
Bolsonaro não deu detalhes sobre as mudanças que pretende apresentar, mas sinalizou que as regras podem ser distintas para cada grupo social - FOTO: Foto: Reprodução/TV Aparecida
Leitura:

O candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, afirmou em entrevista exibida na noite desta quinta-feira (25) pela TV Aparecida, que a equipe econômica que o assessora já tem um rascunho de reforma da Previdência. "Se eu for eleito, a gente apresenta no ano que vem", afirmou o candidato.

O candidato não deu detalhes sobre as mudanças que pretende apresentar, mas sinalizou que as regras podem ser distintas para cada grupo social. "Não pode colocar todo mundo no mesmo saco. Eu acho, por exemplo, que tem de mexer na idade, mas não de 60 para 65 como quer (o presidente Michel) Temer. Nós vamos cortar privilégios", disse.

Previdência para militares

Bolsonaro voltou a defender também que membros das Forças Armadas e de segurança pública se mantenham com critérios distintos, a não ser que eles tenham direito a greve, entre outros.

"Eu já disse isso à minha equipe econômica. Eu topo (uma reforma da Previdência), mas vamos dar todos os direitos a eles, inclusive de greve. Tem de fazer que eles, ao longo de sua vida laborativa, tenham os mesmos direitos que um trabalhador comum", disse.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias