Eleições 2018

Haddad vota em São Paulo e se diz confiante: 'Vamos lutar até o último minuto'

Pouco antes do candidato chegar a sua zona eleitoral, houve pequena confusão entre grupos petistas e bolsonaristas

JC Online com agências
JC Online com agências
Publicado em 28/10/2018 às 10:22
AFP
Pouco antes do candidato chegar a sua zona eleitoral, houve pequena confusão entre grupos petistas e bolsonaristas - FOTO: AFP
Leitura:

Após Jair Bolsonaro registrar o seu voto na Vila Militar, Rio de Janeiro, foi a vez do candidato Fernando Haddad (PT) comparecer a sua zona eleitoral, na capital paulista, na manhã deste domingo (28). Apesar da última pesquisa do Datafolha, divulgada no último sábado (27), ainda apresentar uma vantagem para o seu adversário, o petista se mostrou confiante quanto ao resultado. 'Vamos lutar até o último minuto', disse. 

A candidata a vice presidência na chapa de Fernando Haddad (PT), Manuella DÁvila, também já registrou o seu votou em um colégio no bairro Petrópolis, zona norte de Porto Alegre. Ela estava acompanhada de sua mãe e de políticos do PT e do PCdoB gaúchos. Em sua chegada, ela foi recebida com flores por um grupo de apoiadores. "Tenho a convicção de que as milhares de pessoas que foram às ruas de forma voluntária se engajar na nossa campanha, em defesa da democracia e da liberdade, produziram a maior virada da história das eleições do Brasil", afirmou.

Confusão

Pouco antes do candidato Fernando Haddad (PT) chegar a sua seção eleitoral, localizada em Indianópolis, na zona sul de São Paulo, houve uma pequena confusão na entrada da escola. Apoiadores de Jair Bolsonaro gritaram o nome do candidato e foram expulsos por petistas. Ao mesmo tempo, panelaço, gritos e palavras de ordem ocorreram no entorno do prédio. Foi necessário a polícia militar intervir e separar os grupos. 

Últimas notícias