PSL

Gustavo Bebianno deixa presidência do PSL; Bivar reassume

Bivar havia se licenciado da presidência do partido para concorrer a uma cadeira na Câmara dos Deputados

Marcelo Aprigio
Marcelo Aprigio
Publicado em 29/10/2018 às 10:35
Foto: Reprodução/Facebook Gustavo Bebianno Rocha
Bivar havia se licenciado da presidência do partido para concorrer a uma cadeira na Câmara dos Deputados - FOTO: Foto: Reprodução/Facebook Gustavo Bebianno Rocha
Leitura:

O advogado Gustavo Bebianno deixou a presidência do Partido Social Liberal (PSL) horas depois de Bolsonaro ser eleito o 38º presidente da República. Bebianno ocupava interinamente a direção da legenda desde que o deputado federal eleito Luciano Bivar (PSL-PE) se licenciou do cargo para concorrer a uma cadeira na Câmara dos Deputados.

Um dos principais coordenadores da candidatura de Bolsonaro, Bebianno é cotado para assumir o Ministério de Governo na gestão do militar da reserva. A saída do advogado da presidência do PSL foi publicada nesta segunda-feira (29) no Diário Oficial da União (DOU).

"Pelo presente instrumento, venho, perante Vossa Senhoria, informar que estou retornando às atividades partidárias neste dia, reassumindo a Presidência Nacional do PSL", disse Bivar em nota publicado no DOU.

Transição

Bebianno, apesar de ter deixado o comando da sigla, continua filiado ao PSL e deve participar da equipe de transição entre os governos Temer e Bolsonaro, que já começa nesta segunda-feira.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias