governo

Nelson Jobim pede demissão. Amorim deve assumir Ministério da Defesa

Encontro entre político e presidente Dilma foi rápido e durou apenas cinco minutos

Emídia Felipe
Emídia Felipe
Publicado em 04/08/2011 às 20:36
Leitura:

O ministro da Defesa, Nelson Jobim, entregou na noite desta quinta-feira (4) uma carta de demissão à presidente Dilma Rousseff, em reunião no Palácio do Planalto. Segundo informou o Palácio do Planalto, o encontro entre Jobim e Dilma foi rápido e durou apenas cinco minutos.

Com a saída de Jobim, o ex-chanceler Celso Amorim assumirá a pasta da Defesa, segundo informou o Palácio do Planalto. Amorim já foi convidado para o cargo. Jobim, que estava no Amazonas, antecipou seu retorno a Brasília, previsto inicialmente para as 22h, para essa reunião com Dilma, após as repercussões negativas das declarações feitas à Revista Piauí.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias